O Espírito Santo como azeite – Lc 4-18

Dentre os muitos símbolos do Espírito Santo, temos este: O azeite! Na cultura do povo hebreu, o azeite ocupava um espaço destacado e de valor inestimável. Era presença marcante no cotidiano das pessoas daquela época. As suas propriedades nutricionais e terapêuticas são reconhecidas cientificamente nos dias de hoje. Vejamos 4 delas:

1. Nos alimenta

Antigamente, o azeite era usado como tempero, mas hoje é reconhecido como alimento. Assim como o azeite é recomendável em uma dieta saudável, o Espírito Santo, pela sua presença e influencia, nos alimenta e nutre, provendo saúde espiritual, resistência, força, energia e vitalidade. O que acontece se pararmos de nos alimentar? Morremos! E se nos alimentarmos mal? Adoecemos! Você tem derramado deste azeite sobre a sua vida?
Nós cantamos: “Deus não rejeita a oração, oração é alimento”, mas na verdade, a oração é o canal para o alimento. Nosso relacionamento com o Espírito é que nos alimenta de verdade. Como está o seu relacionamento com Ele?

2. Nos cura

É fato comprovado que a pessoa que usa regularmente azeite em sua dieta, tem mais saúde e evita muitas doenças, principalmente as cardiovasculares. * As últimas novidades nutricionais coincidem em assinalar que o uso de azeite de oliva reduz o colesterol e ajuda a prevenir as doenças cardiovasculares. Isso devido ao seu alto teor de ácidos monoinsaturados. Além disso, numerosos pesquisadores, médicos e nutricionistas afirmam que o azeite de oliva é uma fonte rica em vitamina E, que protege contra o câncer e as doenças do coração. Por ser extraído da fruta e especialmente rico em antioxidantes, retarda o processo de envelhecimento celular. Outros benefícios do azeite de oliva são:Ajuda a prevenir a arteriosclerose e seus riscos; Melhora o funcionamento do estômago e do pâncreas; Digere-se com maior facilidade do que qualquer outra gordura comestível, não tem colesterol e proporciona a mesma caloria dos outros óleos; Acelera as funções metabólicas; Produz efeito protetor e tônico da epiderme; Estimula o crescimento e favorece a absorção de cálcio e a mineralização. Da mesma forma, o Espírito Santo em nossa dieta espiritual nos beneficia com saúde integral, ou seja, no corpo, na alma e espírito. As enfermidades da alma são tanto quanto ou piores que as enfermidades do corpo. Basta lembrar de amarguras, rejeição, falta de perdão, etç. Contudo, a Biblia diz que o Espírito penetra todas as coisas, trazendo CURA e LIBERTAÇÃO. Você precisa de alguma cura hoje?

3. Nos ilumina

Todos sabemos que nos tempos bíblicos não existia energia elétrica. O combustível que mantinha as lamparinas acesas era o azeite. À noite, onde havia azeite, havia luz; onde não havia azeite, a escuridão predominava.
O Espírito Santo é o combustível que mantêm a luz de Cristo brilhando em nossa vida. Se Ele estiver escasso ou faltar, nossa vida será escura, sem brilho. Jesus conta a parábola das 10 virgens e ilustra esta verdade. As 5 virgens loucas se perderam por que não tinham azeite suficiente. Dê uma olhada no rosto da pessoa que está ao seu lado, brilha? Tem azeite suficiente em sua lâmpada hoje?

4. Nos capacita (Lc 4.18)

Quando Deus escolhia alguém para uma missão ou função especial, esta pessoa era ungida com azeite. O texto que lemos é bem claro. A unção que nos capacita para realizarmos a Obra de Deus, vem do Espírito Santo. Não está a venda no supermercado; é doada para quem busca a presença do Espírito. Ele continua a chamar e a capacitar aqueles que Ele chama. Se você está se relacionando bem com Ele, ouvirá o Seu chamado, obedecerá e receberá a Sua capacitação. Hoje, diante da grande colheita de vidas para Cristo, mais do que nunca precisamos desta unção capacitadora. Deus está levantando um exército poderoso, que realizará milagres no nome de Jesus. Quem quer isto para a sua vida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>